4 de março de 2012

História de uma paixão

Se o que sinto exprimisse em texto,
Se o meu coração soubesse compor,
Encontrava agora um bom pretexto
Para narrar a historia deste amor.


Foi num acaso do destino,
Que nos cruzámos um dia…
Mesmo em frente deste “menino”
Uma linda jovem ficaria.
- Eu chamo-me Joana.
- Prazer, eu sou João.
E a partir dessa semana
Fui esculpindo um coração.
Fascinou-me sua beleza,
Mas não seria suficiente.
Foi quando tive a certeza,
No interior não é diferente.
E despertou a empatia,
Senti que era especial.
O caminho até Sines…
Foi tudo tão natural!
Com ela, o tempo não passa.
Ganha asas, sai voando…
De ser tão saboroso,
Torna-se assim tão precioso
Todo o momento que nos abraça.
João Pedro / 2011

4 comentários:

LUZ disse...

Boa noite João Pedro,

Que história engraçada!
Parece um conto de fadas.
João, Joana e depois uma paixão, que ainda não deixou o coração do João.

Saudações.

João disse...

Maldito brinde, pá! LOL

Alcione disse...

Lindo, lindo, lindo !!!

Ameii

Quando estamos com uma pessoa especial, o tempo realmente ganha asas.

Beijos

João disse...

A pessoa nem precisa de ser especial... Basta, para nós, tê-la como tal.
Tudo o que nos move, acontece cá dentro. Não lá fora. :-)

Beijinho