30 de março de 2012

TEMPO CONTADO

Por vezes, em viagens a novos lugares, "tropeço" num tesouro. E guardo!
Este foi o último...

http://tempocontado.blogspot.pt/

4 comentários:

Marly Bastos disse...

Realmente bons textos encontraste por esses lugares em que andaste. Gostei de todos que li.
Beijokas doces!

João disse...

Fico contente por também teres gostado. Deste sentido à minha partilha.

Beijinho

LUZ disse...

Bom dia João Pedro,

Textos no masculino.
Desertos, não de ideias, mas de afectos. Desertos e próprios de quem vive só, consigo próprio, MAS DIZ, QUE É FELIZ.

DIZ, MAS, NÃO O É.

Saudações.

João disse...

Permita-me discordar, Luz. A felicidade é algo mais atingível do que aparenta ser, por vezes.
Quem sabe, se o senhor do "Tempo Contado" não será feliz à sua maneira. Eu acredito que é.